Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f

Infraestrutura

Atualizado em 12/05/16 14:04.
 Laboratórios
 
  • LABORATÓRIO DE APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS
    Permite a realização de análises termométricas, visco-amilográficas, colorimétricas e texturais de alimentos, além de outras análises físicas e químicas, como composição centesimal, atividade antioxidante, pH, acidez, compostos fenólicos, solubilidade e absorção de água, etc. Também são desenvolvidos novos produtos, que são caracterizados em relação a vida útil.

  • LABORATÓRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
    Tem o objetivo de fornecer informações relacionadas à caracterização física, química e bioquímica de alimentos, tais como antioxidantes, fibra alimentar, vitaminas, pH, sólidos solúveis, acidez total, compostos fenólicos, compostos voláteis totais, compostos antinutricionais, taxa de respiração de frutos, cor, atividade de água, e isotermas de sorção e desorção de água.

  • LABORATÓRIO DE QUÍMICA E BIOQUÍMICA DE ALIMENTOS
    Tem estrutura para análises físicas, químicas e bioquímicas de alimentos.

  • LABORATÓRIO DE QUÍMICA DE POLÍMEROS
    É utilizado para estudos de polímeros plásticos, biopolímeros de natureza polissacarídica e proteica, e de blendas de materiais.

  • LABORATÓRIO DE CONTROLE HIGIÊNICO SANITÁRIO DE ALIMENTOS
    Permite a realização de análises microbiológicas no âmbito do controle de qualidade dos alimentos, atividades práticas de ensino, pesquisa e extensão.

  • LABORATÓRIO DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NUCLEAR
    Possibilita a caracterização estrutural de compostos orgânicos e inorgânicos através da técnica de Ressonância Magnética Nuclear. Nesse sentido, são desenvolvidas pesquisas com controle de qualidade de alimentos, combustíveis, medicamentos, etc., também se faz a determinação da estrutura tridimensional de peptídeos.

  • LABORATÓRIO DE CRIOGENIA
    Tem por objetivo a produção de nitrogênio líquido.

  • LABORATÓRIO DE ANÁLISES FÍSICAS E SENSORIAIS DOS ALIMENTOS
    É destinado a pesquisas em análises físicas e sensoriais de alimentos, produtos alimentícios e preparações dietéticas.

  • LABORATÓRIO DE REOLOGIA E CROMATOGRAFIA
    Tem equipamentos para análises de textura e resistência de materiais sólidos e semi-sólidos, análises reológicas aplicáveis a materiais naturais e sintéticos, biológicos, agrícolas, alimentícios, etc., permite a realização de atividades de extração supercrítica em diferentes produtos, e analises em HPLC.

  • LABORATÓRIO DE EMBALAGENS E ESPECIALIDADES EM CAFÉ
    Permite o desenvolvimento de embalagens ativas para utilização em alimentos, avalia o efeito antimicrobiano dos filmes, assim como suas propriedades mecânicas, de permeabilidade e óticas, além de técnicas envolvendo nanocompostos em filmes.

  • LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS E BIOPROCESSOS
    Tem estrutura para realização de análises microbiológicas e ensaios para fermentação de microrganismos.

  • LABORATÓRIO DE ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS DE ALIMENTOS
    É utilizado para as aulas práticas da graduação em Engenharia de Alimentos e Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos.

  • LABORATÓRIO DE BEBIDAS
    Promove pesquisas nas áreas de produção, análise de qualidade, armazenamento e envelhecimento de bebidas.

  • PLANTAS DE PROCESSAMENTO DE ALIMENTOS DO SETOR DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS
    Utilizadas para as aulas e pesquisas com processamento de alimentos, que inclui:
    • PLANTA DE PROCESSAMENTO DE FRUTAS E HORTALIÇAS;
    • PLANTA DE PROCESSAMENTO DE PRODUTOS CÁRNEOS;
    • PLANTA DE PROCESSAMENTO DE LEITE E PRODUTOS LÁCTEOS;
    • PADARIA;
    • TORREFADORA DE CAFÉ.
      Estes laboratórios possuem ainda duas câmaras frias, caldeira, central de gazes e de ar comprimido para suporte.

Além dos laboratórios citados acima, também são utilizados aqueles sob coordenação dos professores permanentes do PPGCTA de outras instituições, como o Laboratório de Tecnologia de Alimentos da Embrapa Arroz e Feijão, o Laboratório de Pós-Colheita da UFLA, e o CLAN (Centro Laboratorial Analítico) da UFF, situados em Santo Antônio de Goiás-GO, Lavras-MG e Niterói-RJ, respectivamente. Os equipamentos dos laboratórios foram listados nas informações adicionais.

 

 Recursos de Informática
 
Os alunos do Programa contam com o apoio de duas salas de estudos (50 e 10 metros quadrados) exclusivas para os discentes do PPGCTA-UFG, equipadas com 1 computador e rede wireless ligados à intranet e internet, com acesso direto ao Portal de Periódicos Capes. Estas salas são ligadas a uma rede estabilizada por umno-break e estabilidador de energia de 3 KVA, ar condicionado, bancadas e poltronas novas para 20 alunos. Nessas salas e nas cercanias do prédio do PPGCTA, os alunos do PPGCTA e dos outros três programas de pós-graduação da escola de agronomia também contam com acesso a internet wireless. Além dessas salas, os alunos do PPGCTA contam com acesso a um Laboratório de informática da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola de Agronomia (EA) da UFG, que conta com 45 máquinas ligadas à intranet e internet e acesso ao portal de periódicos da Capes, para atender à necessidade de aulas práticas e de pesquisa dos pós-graduandos de todos os Programas da EA.
Na Escola de Agronomia (EA) encontra-se também montado o Núcleo de Informática na Agricultura (NIAGRI), que possui três salas contendo microcomputadores, conforme especificado abaixo:
- uma sala com aproximadamente 60m2, contendo 20 computadores, mobiliários e quadro negro, destinada às aulas e uso pelos alunos de graduação e de pós-graduação em horários disponíveis;
- uma sala com aproximadamente 60m2, equipada com 12 computadores ligados à internet e duas impressoras, para uso dos alunos de graduação e de pós-graduação;
- uma sala com aproximadamente 16 m2, equipada com um computador, impressora, serviço de telefone (ramal) e mobiliários, para suporte técnico e manutenção dos computadores.
O NIAGRI dispõe ainda de um microcomputador, utilizado como servidor de homepage, e uma estação Sun SparStation 5, utilizada como servidor de endereços eletrônicos.
Além da estrutura de informática da EA acima mencionada, os alunos do mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos contam com apoio de laboratórios localizados nas unidades acadêmicas envolvidas: Faculdade de Nutrição, Escola de Veterinária, Instituto de Ciências Biológicas e Instituto de Patologia e Saúde Pública.
Todas estas salas estão disponíveis para os alunos de pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos.
Todos os docentes possuem microcomputadores instalados em seus gabinetes e/ou laboratórios. A conexão em "switch" ATM com a rede intranet da UFG (UFGnet) possibilita a estes e a seus orientandos o acesso à rede internet, através de um link com velocidade de transmissão de 2 Mb.

 

 Biblioteca
 
O Sistema de Bibliotecas da UFG (Sibi/UFG) é composto por nove unidades, sendo uma central e oito seccionais. O Sibi/UFG conta com uma equipe de 32 bibliotecários nas nove bibliotecas e 47 outros profissionais e auxiliares de biblioteca. O acervo do Sibi/UFG é de 372.872 livros (volumes), sendo 172.331 títulos, 70.712 títulos no acervo eletrônico, 199.333 periódicos em papel (volumes), sendo 3.728 títulos, 10.886 teses e dissertações, 1.625 fitas de vídeo VHS e DVD, 4.342 arquivos de computador. Também oferece acervos virtuais, que podem ser acessados pelo site do Sibi/UFG, em www.bc.ufg.br. As bibliotecas são informatizadas e participam do Portal de Periódicos da Capes – que disponibiliza cerca de 33 mil títulos de periódicos eletrônicos com textos completos e mais de 130 bases de dados com resumos de documentos científicos. Também mantém convênios com o IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, e com a Bireme – Biblioteca Virtual em Saúde, e com o serviço de Comutação Bibliográfica (Comut). O acervo referente à área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, bem como de áreas correlatas como biologia, química, física, matemática e estatística é substancial. A UFG está habilitada a acessar as informações da base de referência bibliográfica Web of Science (WoS), mantida e comercializada pelo Institute for ScientificInformation (ISI). Além destas bases outras estão disponíveis a toda comunidade da UFG, sendo estas: Agris, CAB Abstracs, FoodSciences& Tech, Abstracs, ASFA, Agricola, Cenagri e Embrapa. O Sibi/UFG oferece diversos serviços, alguns deles restritos à comunidade da UFG – que é composta por: estudantes de graduação e de pós-graduação de cursos presenciais e EAD, com matrícula atualizada na instituição; servidores docentes e técnico-administrativos ativos e inativos. O Sibi/UFG também é responsável pelo Portal de Periódicos da UFG, pela Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFG (BDTD/UFG)e pelo Repositório Institucional. Os três compõem o Portal da Informação, coordenado pela Gerência de Informação Digital e Inovação (GIDI). Consciente de seu importante papel de disseminador da informação, o Sistema de Bibliotecas da UFG serve também de centro de pesquisa a todos os segmentos da sociedade que necessitam do insumo informacional para seu desenvolvimento. Neste sentido, seus acervos são abertos para consulta a qualquer pessoa. Bem como seus espaços de estudo podem ser utilizados por quaisquer interessados. A Biblioteca Central atende em média 3.000 usuários dia, fornecendo serviços de orientação geral e de uso dos catálogos, acesso a bases de dados, treinamentos para uso da biblioteca, empréstimo, renovação e devolução de material, entre outros. Com seus 7.466,90 m2 de área construída, a Biblioteca Central (BC), no Campus Samambaia, oferece lugar para 516 leitores, distribuídos em espaços para estudo individual e coletivo. Possui ainda ambiente para exposição, salas de projeção individual e coletiva, auditório com 220 lugares e salas de informática para alunos de graduação e de pós-graduação. Seu acervo atende aos cursos situados no Campus Samambaia. O Sistema de Bibliotecas em parceria com o Núcleo da Acessibilidade da UFG está realizando projeto “Biblioteca Acessível”, no qual está previsto a instalação na Biblioteca Central o Laboratório de Acessibilidade Informacional (LAI) para uso da comunidade acadêmica com deficiência. O LAI proporcionará um ambiente adequado para estudo de pessoas com deficiência, além de oferecer apoio para o acesso aos recursos informacionais necessários para estudo e pesquisa dos usuários com deficiência. O Sibi/UFG também oferece: acesso à Internet; alerta de devolução; atendimento acessível; auto-empréstimo; capacitação de usuários; catalogação na fonte; consulta ao acervo no catálogo eletrônico; comutação bibliográfica (Comut); Comut entre as bibliotecas do Sibi; consulta local ao acervo; empréstimo domiciliar; empréstimo entre bibliotecas, entre outros.
Listar Todas Voltar